sábado, 1 de dezembro de 2007

Fogo Posto


Seguro-te o queixo com o indicador e disparo com o olhar as promessas que anseias concretizadas. O tiroteio iniciado quando ripostas, fogo cruzado, com uma munição que é fornecida pela paixão que te explico onde começa e tu me ensinas, o corpo por tutor, como ela se transforma aos poucos num amor que prefere ignorar o momento do seu fim.
Esta força dentro de mim que te seduz, dentro de ti, a mesma força que te possui, o desejo que nos funde as fantasias onde assumimos o papel principal.

Os cabelos desalinhados, os corpos colados, os dedos crispados, os medos dissipados enquanto o mundo inteiro decide parar em nosso redor.
O silêncio nos ouvidos de quem já só escuta o apelo interior, visceral, de um instinto animal assanhado que refinas com as carícias tão femininas e a expressão mais doce de que um olhar é capaz.
E eu luto pela paz como bombeiro sapador, enquanto nas tuas costas faço fogo e quebro as tréguas voluntárias num assalto à mão armada com pontas incendiárias.

9 comentários:

medusasss disse...

O fogo, esse elemento que nos consome, destroi tudo à sua passagem, deixando nas cinzas a promessa de um recomeço.
Está muito bem catdog! És um mestre da palavra!

Black CatDog disse...

Da palavra e do acto, Medusasss, quando falamos de paixão. :-)
Gosto muito de te saber satisfeita com a minha produção por estas bandas, mas quero salientar o contributo da minha partenére (que cada vez me deixa bebés mais complicados ao colo com as suas prosas e me obriga a dar o melhor para não fazer má figura).

medusasss disse...

"da palavra e do acto"... olha o catdog a puxar a brasa à sua sardinha! lol

Black CatDog disse...

Respondo sempre pelo que afirmo, donde... :-)

medusasss disse...

Vê lá catdog, de tanto puxares a brasa ficas com a sardinha esturricada!

Black CatDog disse...

Ok, desisto. Até porque nem percebo acerca do assunto o bastante para me defender.
E porque a simples ideia de ver esturricada a minha sardinha dá-me logo ganas de a tirar do grelhador... :)

paula disse...

"Seguro-te o queixo com o indicador e disparo com o olhar as promessas que anseias concretizadas"...
Muito romântico...

..."Os cabelos desalinhados, os corpos colados, os dedos crispados, os medos dissipados enquanto o mundo inteiro decide parar em nosso redor."...
Muito fisico...

..."nas tuas costas faço fogo e quebro as tréguas voluntárias num assalto à mão armada com pontas incendiárias"...
Muito piromaníaco???

:-)))

Black CatDog disse...

Há personagens assim, multifacetadas... :-)

paula disse...

Chama-lhe multifacetadas, chama...